Equipa

José Martino

Agrónomo, empresário, consultor em agricultura, projetos de investimento e ambiente, empreendedor, blogger e articulista em órgãos de comunicação social nacionais e regionais. Autor e coordenador de vários planos de desenvolvimento rural ancorados na promoção da competitividade, valorização e afirmação de recursos e ativos endógenos, ao nível dos sectores agroalimentar, do turismo e da floresta. Autor e coordenador de projetos na área do empreendedorismo, aparecimento de novos negócios e concretização de oportunidades de criação de valor em territórios de baixa densidade. Coordenador de equipas técnicas de projetos de relevante impacto no mundo rural. Autor de projetos agrícolas e agroindustriais. Dinamizador das agriculturas de Portugal.

Responsável pela criação de Associações e Organizações de Produtores. Implementação e promoção de Bolsas Municipais de Terras e Incubadoras de Base Rural. CEO da Espaço Visual desde 1993 e da Ruris desde 2009.

Sofia Freitas

Diretora executiva da empresa Ruris Desenvolvimento e consultora especialista em projetos de desenvolvimento de territórios de baixa densidade.

Possui 10 anos de experiência no exercício de cargos de liderança e coordenação de projetos e equipas de trabalho nos quais construiu e implementou projetos diferenciadores de promoção dos territórios e inovação rural, tendo visto o seu trabalho distinguido pelo IAPMEI e Comissão Europeia nos anos de 2009 e 2014 com a atribuição do primeiro lugar na categoria de promoção do desenvolvimento empresarial dos European Entreprise Awards.

Detém larga experiência na preparação e implementação de projetos de natureza pública com impacto local e regional, tais como: organização de certames promocionais e eventos de natureza turística e técnica (congressos, palestras e feiras com amplitude nacional); construção e dinamização de áreas de acolhimento empresarial; reabilitação urbana; eficiência energética na administração pública; bolsas de terras municipais; animação e dinamização de centros urbanos; e apoio e mentoria a empreendedores rurais.

Atualmente é responsável pela coordenação e implementação de estratégias de desenvolvimento do território nas Regiões Norte, Centro e Alentejo para temáticas diferenciadas, nas quais se destacam: incubadoras e áreas de acolhimento empresarial de base rural; dinamização de projetos de empreendedorismo de base rural (agricultura, floresta, turismo no espaço rural); promoção de património natural classificado, património imaterial UNESCO e promoção turística dos territórios; promoção e valorização económica de recursos endógenos (vinhos, enchidos, frutos secos, azeite, pecuária, entre outros); desenvolvimento de cadeias curtas de comercialização e dinamização de mercados locais de produtores.

Fábio Lourenço

Mestre em Administração e Gestão Pública (Universidade de Aveiro) e licenciado em Sociologia (Universidade Nova de Lisboa). Atualmente frequenta o Programa Doutoral em Turismo da Universidade de Aveiro e está a desenvolver a tese de doutoramento sobre as políticas públicas de turismo.

Colaborou na CCDR-N na implementação das Estratégias de Eficiência Coletiva PROVERE enquadradas no ON.2 (2007-2013) e do Plano de Desenvolvimento Turístico do Vale do Douro (2007-2013).

Foi Professor convidado no Master em Administração e Gestão do Turismo na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa (Braga). Tem um conjunto de comunicações e publicações académicas sobre as temáticas das políticas públicas, governação, turismo e património cultural.

Susana Castanheira

Mestre em Administração e Gestão Pública, pela Universidade de Aveiro, participou em diversas iniciativas, durante o seu percurso, nomeadamente ações de voluntariado, workshops e conferências.

Possui Certificado de Competências Pedagógicas (CCP) para formação profissional e trabalhou como Técnica de Desenvolvimento Local, desde 2013, no Grupo de Ação Local ADRITEM. Como principais funções destaca-se o acompanhamento de projetos do Subprograma 3 do PRODER e realização de pedidos de reembolso, respetivas análises e pedidos de alteração (reanálises).

Desempenhou ainda funções no âmbito da Contratação Pública, com a realização, acompanhamento e verificação de procedimentos de Ajuste Direto e Concursos Públicos.

André Lopes

Formado pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, iniciou a sua carreira profissional na área da consultadoria. Desde cedo, sempre esteve ligado a causas de voluntariado, fazendo parte do quadro efetivo dos Bombeiros Voluntários.

Possui experiência na elaboração e acompanhamento de candidaturas no âmbito do quadro comunitário PORTUGAL2020, nomeadamente, Sistema de Incentivos a empresas – Inovação Produtiva, Internacionalização e Qualificação PME e Vales, bem como em projetos de formação.

Áurea Gonçalves

Mestre em Gestão pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Possui curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores (CAP).

Com 7 anos de experiência na área de marketing, comunicação e gestão em centros comerciais, desenvolveu planos de marketing estratégico e de posicionamento, controlo orçamental, gestão de agências de criatividade, relações públicas e redes sociais, gestão de contactos com clientes, fornecedores e institucionais, gestão de eventos e elaboração de relatórios estratégicos.

Atualmente é responsável pela comunicação e implementação de estratégias de promoção da RURIS, assim como o desenvolvimento de projetos nas Regiões Norte, Centro e Alentejo para temáticas diferenciadas.

Sandra Barnabé

Licenciada em Gestão pelo Instituto Politécnico da Guarda, detém relevante experiência em entidades associativas, destacando-se o cargo que teve como Presidente no Núcleo de Alunos de Gestão do Instituto Politécnico da Guarda. Desde 2015 que é membro da Associação de Jovens Empreendedores de Albergaria-a-Velha.

Com visão internacional, realizou estágio curricular na Ascari em Praga onde colaborou em tarefas relacionadas com pesquisa de mercado, desenvolvimento de técnicas de trabalho em base de dados e recrutamento e seleção.

Cátia Reis

Licenciada em Recursos Humanos pela Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão do Instituto Politécnico do Porto, trabalhou na área de gestão de Recursos Humanos durante 4 anos.

Dotada de um espírito empreendedor e com particular interesse pela área agrícola, em 2011 apostou na criação de um projeto no âmbito da agricultura. A par da sua colaboração na gestão deste projeto, exerce atualmente funções na RURIS como Consultora.

Beatriz Corgas

Mestre em Psicologia Social e das Organizações pelo ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, iniciou a sua atividade profissional na área da consultoria de recursos humanos.

Com abertura e interesse por novas realidades, em 2014 estudou durante 6 meses na Universidade Pontifícia de Salamanca e em 2015 fez voluntariado internacional de apoio à comunidade na pequena vila de Ceské Kopisty, na República Checa.

Atualmente como Consultora na empresa RURIS desde 2018 tem vindo a colaborar em projetos de desenvolvimento territorial, na gestão e acompanhamento de procedimentos de contratação pública, na preparação de candidaturas no âmbito de fundos comunitários e no apoio à gestão da empresa ao nível de recursos humanos, financeiro e administrativo.

Helena Ribau

Bacharel em Produção Animal e licenciada em Gestão e Extensão Agrárias pela Escola Agrária de Coimbra. Com pós-graduação em Segurança Alimentar pela Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica do Porto. Durante 11 anos, desenvolveu ações de apoio técnico a explorações leiteiras na Beira Litoral, nomeadamente no melhoramento animal e qualidade da produção de leite. Posteriormente, o apoio técnico estendeu-se a outros setores pecuários e à agroindústria.

Viviana Durão

Mestre em Gestão (Universidade de Aveiro) e licenciada em Relações Internacionais (Universidade de Lisboa).

Com experiência na área comercial, começa o seu percurso profissional numa agência de viagens onde desenvolveu atividades como estruturação de pacotes turísticos, prospeção de mercados internacionais e potenciais clientes e campanhas de marketing.

Atualmente exerce funções como consultora em comunicação e gestão de projetos através da implementação de estratégias em várias áreas temáticas.

Paula Pinho

Licenciada em Engenharia das Indústrias Agroalimentares, com experiência laboral em Consultoria e com aptidão para dar formação.

Experiência profissional no ramo de consultoria agrícola e florestal e projetos de investimento desde 2011, com destaque para a elaboração de projetos de investimento, acompanhamento e execução financeira de projetos no âmbito do PRODER/PDR2020,

Atualmente desempenha funções de consultoria em gestão de projetos no âmbito do quadro comunitário PORTUGAL2020.

Miguel Matos

Atualmente Consultor na RURIS atuando no desenvolvimento de modelos técnico-económicos, em vários fileiras, como o queijo, vinho e apicultura, conta também com a participação na execução de candidaturas a programas de regadio e implementação de bolsa de terras no território nacional.

Frequentou o curso de Ciências Agrárias da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, e um CET-SIG na Escola Superior Agrária de Ponte do Lima (ESA-IPVC).

Trabalhou vários anos em consultoria agrícola, onde efetuou candidaturas a fundos europeus e acompanhou a instalação dos empresários agrícolas.

Desde 2012 especializou-se no setor apícola, onde se instalou como jovem agricultor, fazendo hoje parte dos órgãos sociais de uma associação que representa o sector.

Mafalda Carvalho

Mestre em Gestão e Planeamento em Turismo e licenciada em Gestão Pública e Autárquica, pela Universidade de Aveiro. No âmbito da sua dissertação participou no projeto de investigação “TWINE”.

Conta com dois estágios realizados, um na Entidade Regional do Turismo do Centro e outro na Associação da Rota da Bairrada. Tem especial interesse na área de turismo rural.

Inicia o seu percurso profissional na RURIS, em 2019.

Patrícia Fernandes

Mestre em Comunicação e Jornalismo pela Universidade de Coimbra iniciou o seu percurso profissional em 2013, estando responsável pela comunicação e assessoria de imprensa da ADRL- Associação de Desenvolvimento Rural de Lafões.

Na empresa Dialética Constante, em 2015, desenvolveu o Projeto “Em Rede pela Vida”, da EDP Solidária Barragens, estando responsável pela comunicação e promoção do mesmo.

Durante sete anos foi, ainda, responsável pela redação de dois jornais regionais, primeiro a Gazeta da Beira na região de Lafões (2013 a 2016) e depois o Jornal Beira Vouga, nos concelhos de Sever do Vouga e de Albergaria-a-Velha (2016 a 2020).

No campo associativo, enquanto dirigente da SEVERI- Associação Cultural e de Expressão Dramática- desenvolveu vários projetos de desenvolvimento e promoção do território, tendo como premissas a cultura e a comunidade.