Candidaturas até 10 de abril aos Prémios RegioStars 2017

21/02/2017

Foi recentemente lançada a convocatória de projetos para os Prémios RegioStars 2017, cujo prazo para apresentação de candidaturas decorre até 10 de abril.
O dia 15 de fevereiro marcou o lançamento dos Prémios RegioStars 2017, que este ano celebra o seu 10.º aniversário, pela Direção-Geral da Comissão Europeia para a Política Urbana e Regional, mais uma vez com o objetivo de identificar boas práticas no Desenvolvimento Regional e destacar Projetos Originais e Inovadores que possam atrair e inspirar outras regiões.

Após terem sido selecionados por um júri independente, os representantes dos projetos finalistas serão convidados a participar na Cerimónia de Prémios para receber um certificado e uma medalha, bem como serão incluídos numa Brochura publicada pela Comissão Europeia (CE), e ainda no banco de dados on-line de boas práticas no site da Inforegio.

A cerimónia de atribuição dos Prémios RegioStars deste ano terá lugar na terça-feira, 10 de outubro de 2017 durante o Open Days 2017 - Semana Europeia das Regiões e Cidades.

Os vencedores em cada categoria receberão um troféu RegioStars e um certificado apresentado pela Comissária Europeia para a Política Regional e pelo Presidente do Júri dos RegioStars. Para cada vencedor será produzido um pequeno vídeo, posteriormente publicado online seguido por uma campanha promocional nos media sociais.

As candidaturas podem ser enviadas pela Autoridade de Gestão (AG) regional ou local, ou pelo Gestor de Projeto, mas com a autorização da AG responsável.

Para esclarecimento de dúvidas contactar: regiostars2017@iservice-europa.eu.

Media social: @EU_Regional  #Regiostars | Open Days 2017: #EURegionsWeek

 

CATEGORIAS DOS PRÉMIOS REGIOSTARS 2017

1. ESPECIALIZAÇÃO INTELIGENTE PARA INOVAÇÃO NAS PME  
2. UNIÃO DA ENERGIA: AÇÃO CLIMÁTICA  
3. EMPOWERMENT DAS MULHERES E PARTCIPAÇÃO ATIVA
4. EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO
5. CITYSTARS: CIDADES EM TRANSIÇÃO DIGITAL


Saiba tudo na página RegioStars Awards 2017 do website InfoRegio.

 

Fonte: Portugal 2020